periquitos onda
... ...
E DO SEU ANIMAL

Cuidados a ter com coelhos

Coelho

O coelho tem uma esperança média de vida de 8-12 anos. È um animal dócil, que pode aprender a fazer as necessidades numa caixa de areia colocada num canto de uma divisão. É inteligente e aprende a responder pelo nome. Gosta de ser acariciado. Por todas estas razões, cada vez mais pessoas optam por um coelhinho como animal de companhia. Os coelhos alojados dois a dois devem ser de sexos opostos para que não se agridam, devendo fazer a esterilização para controlo de natalidade e evitar tumores uterinos nas fêmeas (60% das fêmeas com mais de 5 anos desenvolvem tumores).

Alimentação

Os alimentos mais importantes e essenciais para o seu coelho são o feno e os legumes ou erva fresca. Existem rações e misturas de alimentos para coelhos anões, que podem ser usados como base de alimentação, mas não substituem os alimentos frescos. Dentre as várias rações comerciais disponíveis, deve privilegiar rações que não contenham cereais na sua composição. Os legumes devem ser introduzidos gradualmente a partir dos 2-3 meses de idade, sendo os mais adequados as cenouras com rama cortadas longitudinalmente, folhas de couve, folhas de brócolos, espinafre, rama de nabo, agriões, ervas do campo.

Alojamento

Alojamento para um coelho

O tamanho da gaiola a adquirir depende do tempo que o seu coelho vai passar dentro dela. Se tiver condições para o soltar diariamente para que faça exercício, uma gaiola standard é adequada. Caso contrário, deve construir uma zona exterior com área para exercício, como a exemplificada na imagem abaixo.

Doenças

A doença mais comum em coelhos de companhia é a Pasteurelose. Os sintomas podem ser desde a infecção respiratória com corrimento nasal purulento, ao aparecimento de abcessos em diversos locais do corpo, incluindo o ouvido interno e o sistema nervoso central.
A Mixomatose é uma doença vírica transmitida por contacto directo entre coelhos infectados ou através da picada de mosquitos. Os sintomas são o edema da cabeça e orelhas, corrimento nasal e aparecimento de lesões características no focinho. Não deixe de vacinar o seu animal semestralmente.
Também deve manter o seu animal protegido do sol e do calor, pois estes animais sofrem de golpe de calor muito facilmente.
Deve levá-lo com URGÊNCIA ao Médico Veterinário sempre que se apresente anoréctico (sem apetite), sem defecar ou com diarreia, porque os problemas digestivos são frequentemente fatais nestes animais.

Cobaio

O Cobaio (porquinho-da-índia), os ratos e os hamsters são também comuns como animais de companhia. Também as chinchilas e os esquilos se vieram juntar ao grupo. A alimentação destes pequenos amigos deve ter como base as rações e misturas de sementes adequadas para eles, complementando sempre com legumes e frutas frescas. Deve deslocar-se ao Veterinário para que lhe possa informar sobre as particularidades de cada um deles. Os cobaios necessitam de uma quantidade extra diária de vitamina C, pelo que deve fornecer frutos que sejam ricos nestas vitaminas (citrinos, kiwis), ou gotas próprias prescritas pelo veterinário. As chinchilas não dispensam os banhos de areia própria e também são muito sensíveis ao calor excessivo. Os animais mantidos dois a dois devem ser de sexos diferentes para que não hajam agressões, podendo ser esterilizados para controlar o excesso de nascimentos.

 

 

Página Inicial \ A saúde do seu animal \ Cuidados a ter com coelhos

 

... ...
  termosTermos de utilização mapaMapa do site contactoContactos ajudaAjuda